Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Beers with Popcorn

Beers with Popcorn

Ser namorada de um cervejeiro caseiro é ...

 Isto vai ser um desabafo, de alguém que já teve à beira de vários ataques de nervos! Quem diz que é fácil está a mentir! Não é nada fácil, aliás espero ter alguém desse lado que me compreenda.  Começou à três anos atrás, quando me disseram..." vou comprar um kit de cerveja, já não faço isto à muito tempo!" E eu aceitei e até achei piada... ao início, sim ao início, ainda não sabia o que iria sobrar para mim. Quando me explicaram o processo de fazer cerveja de kit concentrado, achei bastante fácil, e alinhei na cena. Naquela altura ainda era numa panela em cima do fogão com os bicos todos ligados! Era um terror! Primeiro que a água fica-se quente... credo! Mas como era a primeira vez, a ansia da expectativa de como seria fez o tempo passar depressa. O cozinhado correu bem, e lá metemos o balde a fermentar no quarto ao lado do nosso. Durante a noite ouvia-se, "glú,glú,glú...", mal eu sabia que este som iria-me trazer tanta felicidade... O meu primeiro drama veio umas semanas depois, LAVAR GARRAFAS!!! ODEIO! ODEIO! ODEIO! Acho que fiquei com trauma desde a primeira vez! QUE SECA! E meter as caricas?! Santa paciência!!! É por isso que hoje em dia, raramente metemos em garrafa. Foi a única coisa que o meu namorado não me conseguiu mesmo obrigar a fazer! Chegamos até a estragar cerveja, porque na altura de a por em garrafa, ninguém queria ter esse trabalho!!