Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Beers with Popcorn

Beers with Popcorn

Cerveja artesanal Ermida

Conheci o Rui Reis à mais ou menos um ano.

Ele fez-me uma visita na minha tasquinha nas festas do Sardoal em 2014, em que eu estava a vender cerveja artesanal que eu e o meu namorado tinhamos feito.

2014-09-21 17.54.47-1.jpg

2014-09-21 17.55.31.jpg

 

 

 

 

Sempre muito simpático e muito dado deu-nos a provar as suas cervejas. Fiquei fã! Fiquei surpreendida por haver alguém a fazer coisas tão boas em Abrantes, tão pertinho de mim! Desde aí ficámos amigos cervejeiros!

É o bom deste mundo! É conhecer gente tão boa e que gosta de viver intensamente estas experiências cervejeiras. Trocar impressões, dicas e ter ajuda para evoluir é sempre positivo e muito gratificante. 

Como não seria de esperar, tive de propor ao Rui responder a algumas questões sobre a sua marca. Que posso garantir desde já que é muito boa! Chama-se Ermida e ele explica porquê!

10387703_1015255958500904_3098626248235749073_n.jp

 

 

Onde fica o Ponto G?

É ponto "guê" não é ponto "gê"! É G de Gonçalo! 

 

A primeira vez que ouvi falar da existência de uma bierhaus em Santarém fiquei logo com as antenas no ar! Nessa altura vivia a uns 10km de Santarém. E é claro que a ideia agradou-me bastante.

Um dia entrei, fiquei surpreendida com a oferta que havia à pressão e com a carta tão vasta de cerveja internacional em garrafa.

Pedi uma Erdinger, de meio litro. Normalmente quando não conheço o bar e existem cervejas internacionais à pressão, costumo pedir o "básico" a cerveja que supostamente tem mais saída. Assim, consigo ter uma ideia se posso pedir e experimentar as outras. Já me aconteceu muitas vezes, ir a bares que tinham várias à pressão, e servirem cervejas que já deviam ter sido consumidas há algum tempo.

Não foi o caso, a cerveja estava ótima, e assim, passei a experimentar as restantes. Acho que posso dizer que hoje são muito poucas as que  ainda me faltam provar.

Visita após visita, comecei a conhecer o Gonçalo. Foram muitas conversas sobre cerveja e não só... tornei-me cliente habitual, e mais tarde amiga. Consegui convence-lo a ir até ao Provart no ano passado, não há nada como estar num festival com cervejeiros portugueses e ficar com o "bichinho". A partir daí ele começou a apostar mais na cerveja artesanal portuguesa, o que se revelou um sucesso. Isto só quer dizer que temos produtos de qualidade em Portugal, e que não são só os estrangeiros que fazem cerveja boa!

Hoje é um ponto de referência, e um sitío que todos deviam visitar, para beber coisas boas e petiscar.

Para além de variedade de cervejas, também há tapas muito boas... Eu sou uma fã dos nachos com queijo no forno! Ou do presunto!

Deixo aqui o facebook do Ponto G.

O dia de folga é a segunda feira.

2014-09-09 22.02.01.jpg

 

In Barcelona #1

Faz um ano que fui a Barcelona pela primeira vez. Aproveitei e não perdi a hípotese de  "alapar-me", é o que as lapas fazem.  Os meus pais iam em trabalho, eu ia com outra intenção. Como ainda havia avião low cost, era perto e poucos dias não houve desculpas.

Sem dúvida que Barcelona é uma cidada completamente diferente de todas as outras que já visitei pela Europa. Podia falar sobre os lugares de interesse turístico, como o templo da Família Sagrada, a Casa Batló, a Casa Milá, etc. Mas não vou perder tempo a falar sobre aquilo que todos os guias turisticos já dizem.

Não passei fome nem sede. E consegui convencer os meus pais a fazer uma visita ao BiercaB, e à Fábrica Moritz.

Seguindo o Barcelona beer destinations, no site do ratebeer, o BiercaB aparece em primeiro lugar. Com 30 torneiras à pressão há muita escolha de muito boa qualidade. Uma perdição! Infelizmente fiz visita de médico.

De seguida consegui ir almoçar à fábrica Moritz.

A marca foi fundada em 1856, sendo lançada novamente em 2004 por familiares do fundador.

É um lugar a visitar na minha opinião, o restaurante é bom, muito moderno, e tem vista para a fábrica. Podemos ver quase a fábrica completa. Fez-me lembrar os restaurantes checos que fabricam a sua própria cerveja.

A cerveja é servida em garrafas que é tirada à pressão directamente das cubas.

As cervejas eram boas, provei as duas. Uma pilsner, e uma strong pale lager. Gostei das duas preferindo a última.

Espero voltar a Barcelona em 2016 para o Barcelona beer festival. Pelo menos faz parte dos meus planos...

 

 

 

 

 2014-10-04 16.29.54.jpg

 

 

 

 

-