Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Beers with Popcorn

Beers with Popcorn

Servir é dar...

Estou tão habituada a servir a minha propria cerveja, acho que isto é um luxo. Alias é mesmo.

Dei por mim a pensar que ultimamente não tenho gostado da cerveja que me tem servido.

E perguntei a mim própria.  Será que sou esquisita e não gosto de nada? Ou ando simplesmente armada em parva?

Não sou pró, nem geek, nem cervejeira. Sou uma eterna apaixonada por cerveja! Eu aprecio tudo, desde o inicio até ao fim.  Cerveja artesanal ou cerveja só por si, boa cerveja, faz me lembrar boa energia! Descontração, amigos e bons momentos.

Gosto de ser bem recebida, com boa energia! Afinal servir um copo é igual a servir um prato! A energia e a simpatia das pessoas reflectem imenso no nosso bem estar enquanto clientes. E experimentar cervejas novas é uma descoberta. É ter as nossas papilas gustativas no seu maximo, e o nosso olfacto apurado! É sentir arrepios e depois uma sensação de bem estar! E dizer,” granda cervejão! Quero mais disto!”

Eu sei que vender cerveja artesanal não é fácil! Acreditem! Mas há que fazer um esforço maior, não podemos congelar cerveja!

(Malta! Congelar garrafas não dá! Até doi no coração ver cerveja tão boa em forma de um granizado! Mais valia fazerem um cocktail com cerveja congelada do que servirem aquilo!)

Vejo muita cerveja a ser mal tratada. Porque é isso mesmo, é estragar o que está bom! A malta pensa que é so abrir a torneira e voilá, tem uma cerveja brutal para apresentar ao cliente. Lamento,  mas no mundo das artesanais não é assim. Temos de ter atenção a imensos factores. Ao estilo da cerveja, ao tipo de barril em que ela está, qual o copo melhor e como a deverei apresentar. Se o compensador está aberto ou fechado, ( o compensador serve para compensar sim?! Neste momento são os meus melhores amigos, ajudam-me a conseguir servir bem.) 

Cada estilo é diferente, cada cerveja é única.  E  na minha opinião quem serve tem como obrigação provar! Os chefes de cozinha provam tudo antes de servir ao cliente! Portanto quem serve cerveja devia pelo menos provar todos os dias ( so um bocadinho) para saber se está boa ou não! E antes disso devia aprender um pouco sobre o que está a servir.

Fico triste quando vejo cervejeiras a serem arrasadas por quem vende ao público! Porque simplesmente estão se nas tintas sobre o que vendem, e depois quem prova vai escrever criticas e avaliar aquela cerveja que não está boa!

Eu não sou exemplo para ninguém, mas uma das coisas que me dá mais prazer é tirar uma cerveja perfeita, coisa que nem sempre consigo. Mas é esse o meu objectivo! Sempre!

É ver quem está a nossa frente a ter  água na boca ansioso por beber aquele copo.

Servir alguém é DAR! Pelo menos para mim. Dar um pouco de nós e um bocado do nosso país é uma sensação maravilhosa!  Isso dá gozo!  Dá orgulho mostrar o que fazemos cerveja à séria, Porra!

Vamos lá aprender a servir melhor e a cuidar melhor do que é nacional! Sim?

Da vossa

AL

IMG_3173.JPG

IMG_3238.JPG

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.